Revista Mensageiro de Novembro 2018

Assinatura Mensageiro






Grátis!

Quando pensamos em santidade qual é a imagem que nos vem à cabeça? As imagens  que estão nos altares e pinturas das igrejas. No imaginário cristão, a santidade não é compatível com o comum, com a normalidade da vida quotidiana. Ser santo parece algo predestinado a algumas pessoas. João Manuel Silva, sj explica-nos o verdadeiro e amplo sentido de santidade, num dossier a que deu o nome de “Santos e Pós-Modernos – o chamamento à santidade no mundo” e que pode ler na edição de novembro da revista Mensageiro.

No destaque, encontra uma abordagem de Cláudia Pereira, intitulada “Rezar e trabalhar pela paz”, o tema da intenção do Papa Francisco para este mês. Fique a conhecer o “barómetro da paz” no mundo e quais os caminhos para um cenário bem melhor.

No “Em Família”, apresentamos-lhe a Suzana Mendes Gonçalves e um dos seus quatro filhos, o Lucas, que nos contam como é possível viver o luto para além da dor.

Edith Stein é a figura que lhe damos a conhecer na rubrica sobre os místicos e, a fechar, um artigo de Duarte Fonseca, presidente da direção da APAC Portugal, sobre os reclusos: “Todo o homem é maior que o seu erro (e que os seus feitos)”. Muitos temas, muitas perspetivas para não deixar de ler a revista Mensageiro.