Revista Mensageiro de Agosto/Setembro  2019

Assinatura Mensageiro






Grátis!

Perante a elevada taxa de divórcios em Portugal e tendo em conta a importância da família para a realização pessoal do ser humano, para o crescimento sereno e saudável das crianças e para o equilíbrio da sociedade, este mês, o “Mensageiro do Coração de Jesus” decidiu olhar para a família a partir do seu núcleo: o casal. Neste sentido, Elisabete Carvalho foi conhecer “O Relógio da Família”, uma iniciativa desenvolvida por um grupo de casais e um sacerdote jesuíta, que se propõe ajudar os casais “a linhar a direção e a afinar o sentido da vida a dois”, naturalmente com repercussões imediatas na vida dos filhos e demais elementos da família. O testemunho de quem já participou mostra a importância deste instrumento “regulador” do casal.

Nesta edição dupla, agosto/setembro, o dossier enfoca a intenção do Papa para setembro: a proteção dos mares e oceanos. “Há só uma terra” é um trabalho de Betânia Ribeiro, que mostra a necessidade de conduzir indivíduos e comunidades numa reflexão-ação em prol da conversão interior rumo a uma ecologia integral. Neste contexto, são apresentados dois exemplos de responsabilização e compromisso com a mudança de comportamentos: a rede portuguesa “Cuidar a Casa Comum” e o projeto francês “Igreja Verde”, que partilham a mesma raiz: o aprofundamento da encíclica Laudato Si’.

Agustina Bessa-Luís é a figura escolhida por Alexandre Freire Duarte para a rubrica “Católicos portugueses do século XX”. Nas “Notícias” encontra a reportagem das celebrações dos 175 anos do Apostolado da Oração, agora Rede Mundial de Oração do Papa, em Roma. Já Paulo Duarte, sj convida a “rezar pessoas”. A proposta de oração deste sacerdote jesuíta assenta em “desvelar a visão de pessoas, para além das suas características, rótulos, categorias ou dos nossos gostos ante cada uma”.

Mas há mais propostas interessantes. Descubra-as, por exemplo, na “Bíblia contada às crianças”, de Thereza Ameal; em “Tirar a Bíblia da Estante” para melhor conhecer S. João, com a ajuda de Miguel Gonçalves Ferreira, sj; ou ainda em “Teologia e moda, sem remendos”, de Rui Fernandes, sj.