Revista Mensageiro de Janeiro 2020

Assinatura Mensageiro






Grátis!

O diálogo entre as religiões e a construção da paz é o tema central do Mensageiro do Coração de Jesus de janeiro de 2020. O sacerdote jesuíta Francis X. Clooney apresenta uma reflexão sobre “O conhecimento inter-religioso como passo para o diálogo e para a reconciliação”. No dossiê, Frei Isidro Lamelas, ofm, escreve sobre “O ‘Espírito de Assis’, ou o Espírito da Paz: de São Francisco ao Papa Francisco”, sublinhando a urgência de promover o Espírito de Assis na atualidade.

Neste novo ano, o Mensageiro apresenta-se com um novo formato e novas secções. Uma questão ética, moral, social, provocando um olhar cristão e um agir consequente, dá o mote à secção “Ver, julgar e agir”, enquanto em “Traços de Deus” o P. Wilfrid Harrington, op, procura a proximidade do Deus bíblico para se adentrar no seu mistério com palavras simples, rigorosas, mas sempre inadequadas.

Em “Escrito no Coração”, o leitor é convidado pelo P. Miguel Pedro Melo, sj, a ir ao encontro do Coração de Jesus com as palavras de quem mais intimamente viveu esta devoção ao Amor de Deus pela humanidade, manifestado em Jesus Cristo. Em “Lugares para Rezar”, Teresa Dias Costa dá a conhecer capelas, igrejas, santuários… trabalhados para serem itinerários de oração.

Na “Opinião”, a jornalista da RTP Rosário Salgueiro apresenta um olhar atento sobre acontecimentos que a voragem do tempo consome sem deixar rasto e em “Introdução aos Profetas”, o sacerdote jesuíta José María Abrego vai ao encontro dos profetas bíblicos, da sua mensagem e da atualidade destas vozes vindas do fundo dos tempos. Espaço ainda para propostas de reflexão sobre temas de ecologia inspiradas na encíclica Laudato Si’ e no seu projeto de uma ecologia integral, na secção “Cuidar da Casa Comum”.

O órgão oficial da Rede Mundial de Oração do Papa em Portugal inclui ainda a habitual reflexão a propósito da Intenção do Papa, complementada com algumas pistas de ação, e uma proposta para a oração comunitária dos grupos do Apostolado da Oração, tendo como referência a Intenção do Papa e a preparação do Congresso Eucarístico Internacional 2020.